Centenário da Escola de Agronomia

Apresentação

A Escola de Agronomia do Ceará, completa 100 anos de criação em 30 de março e instalação em 01 de maio deste ano, com uma fecunda contribuição ao desenvolvimento da política agrícola em nosso Estado. Modelada na forja dos sonhos de dedicados intelectuais, a Escola participou do processo de desenvolvimento da região, contribuindo para os avanços científicos e a preservação do meio ambiente, sem esquecer seu importante papel na criação da Universidade Federal do Ceará (UFC), em 16 de dezembro de 1954.

Essa brilhante história é tecida não só no interior da UFC, com a efetiva participação dos que por ela passaram, notadamente, no planejamento e execução de ações voltadas ao desenvolvimento sustentável. Professores e alunos egressos de nossa Escola também se lançaram na busca de soluções para o permanente desafio de gerar conhecimentos e viabilizar tecnologias adequadas às diferentes situações agroecológicas e socioeconômicas da região.

A importância do Centro de Ciências Agrárias da UFC resulta de sua relevante e continuada contribuição para o fortalecimento e expansão das atividades de ensino, pesquisa e extensão. Os números são expressivos: ao longo desses 100 anos, foram formados, nos cursos de graduação e pós-graduação, 5.134 engenheiros agrônomos, além de 2.835 mestres e 461 doutores.

A Escola abriu espaço, ainda, para a criação de novos cursos, sendo o de Economia Doméstica o primeiro a ser implantado e, em sequência, os de Engenharia de Pesca, Engenharia de Alimentos, Estilismo e Moda, Zootecnia, Gestão de Políticas Públicas e Economia Ecológica.

Na pós-graduação, foram  criados vários cursos de mestrado e doutorado: Mestrado Profissional e Mestrado Acadêmico em Avaliação de Políticas Públicas; Mestrado em Economia Rural; Mestrado e Doutorado em Biotecnologia de Recursos Naturais; Mestrado e Doutorado em Ciência do Solo; Mestrado e Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Mestrado e Doutorado em Engenharia Agrícola; Mestrado e Doutorado em Engenharia de Pesca; Mestrado e Doutorado em Fitotecnia e Mestrado e Doutorado em Zootecnia.

A partir de 02 de maio de 2018, dar-se-á início às comemorações do Centenário da Escola de Agronomia da UFC. A programação é vasta: Solenidade de Abertura, Instalação do Marco Histórico, XXVIII Semana de Agronomia, I Workshop de Pós-Graduação do CCA e o lançamento do livro dos 100 anos da Agronomia no Ceará. Vale ressaltar que está em curso a proposta de um novo Projeto Pedagógico do Curso de Agronomia que deverá ser aprovado neste ano e implantado no primeiro semestre de 2019. Não se trata de mudança apenas na matriz curricular, como tradicionalmente era feita, o que se propõe é uma mudança na concepção do processo de ensino-aprendizagem que envolve novas abordagens, novos métodos e novas tecnologias de ensino.

Justificativa

A Escola de Agronomia da UFC chega ao seu centenário com o inarredável compromisso de se manter, permanentemente, atenta às necessidades do desenvolvimento do Ceará. Assim, a cada ano, mais se fortalece seu envolvimento com a missão da Universidade Federal do Ceará, que é formar profissionais de alta qualificação, gerar e difundir conhecimentos, preservar e divulgar valores éticos, científicos, artísticos e culturais.

Objetivo

  • Celebrar o marco histórico da Escola de Agronomia da UFC;
  • Valorizar e incrementar a contribuição da Agronomia para o Estado do Ceará;
  • Homenagear as instituições, docentes e servidores de destaque para Escola de Agronomia da UFC;
  • Preservar a memória, identidade e patrimônio histórico da Agronomia da UFC.

Programação

ATIVIDADE DATA LOCAL
  • Solenidade de abertura.
  • Entrega de placas de homenagens e replicas do Monumento do Centenário para professores, técnico-administrativos
    e instituições parceiras.
02/05/2018 Auditório da Zootecnia
  • Inauguração do Monumento do Centenário.
02/05/2018 Diretoria do Centro de Ciências Agrárias – UFC
  • Reabertura do Memorial da Agronomia.
02/05/2018 Diretoria do Centro de Ciências Agrárias – UFC
  • XXVIII Semana de Agronomia
02 a 05/05/2018 Centro de Ciências Agrárias – UFC
  • VI Simpósio em Economia Rural, com tema central: “Políticas públicas e geração de renda no Nordeste rural”
07 a 08/06/2018 Auditório da Zootecnia – CCA-UFC
  • I Workshop dos Programas de Pós-Graduação do Centro de Ciências Agrárias da UFC.
16 a 18/10/2018 Auditório da Zootecnia – CCA-UFC
  • Lançamento do Livro sobre os 100 anos da Escola de Agronomia da UFC
novembro Auditório da Reitoria da UFC

Apoio

 

 

 

Matérias veiculadas

Materiais Gráficos

Vídeo Institucional – 100 Anos – Transcrição

O ano era 1918. No dia 30 de março, nascia a Escola de Agronomia do Ceará. No início, a instituição de ensino superior era particular, mas em 1954 passou a fazer parte da Universidade Federal do Ceará. O processo ocorreu sob direção do professor Prisco Bezerra, que hoje dá nome ao maior campus da UFC em Fortaleza. Com essa mudança, a Escola começou a ganhar a forma que tem nos dias atuais. Foi aqui onde a UFC deu o pontapé no processo de internacionalização, em 1960. Graças a uma parceria com a Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, os professores do curso se tornaram mestres e doutores. O Programa de Educação Agrícola abriu portas: com ele, importantes pesquisas foram financiadas.

Na década de 1970, nascia a revista Ciência Agronômica. Publicada a cada 3 meses, o periódico possui Qualis B1 e reúne até hoje artigos e notas inéditas nas áreas de Ciências Agrárias e Recursos Naturais.

Os anos 2000 são marcados pelo forte impulso da pesquisa e da extensão no curso de Agronomia, resultado de décadas de trabalho intenso. Atualmente, a graduação conta com 25 professores com bolsa de produtividade do CNPq. As atividades em grupo dão origem a descobertas importantes para a Universidade e o homem do campo. Hoje, a Agronomia é um dos cursos que mais contribuem com a inovação no Centro de Ciências Agrárias. A Unidade Acadêmica com o maior número de patentes da UFC: ao todo, são 72 já registradas.

Cem anos depois, o curso já entregou ao mercado mais de 5 mil agrônomos, um trabalho que é fruto da dedicação de 137 professores e 130 servidores técnico-administrativos. Tanto compromisso rendeu à Agronomia da UFC a 14ª posição no ranking universitário da Folha de 2017, e o título de melhor curso da região Norte-Nordeste.

Fotos do evento