Ciclo de colações de grau 2017.1

8 de agosto de 2017

A Universidade Federal do Ceará deu início, na segunda-feira (7), ao ciclo de colações de grau do semestre 2017.1, em Fortaleza. Serão diplomados 1.135 estudantes de 70 graduações, entre bacharelados e licenciaturas.

Do Centro de Ciências Agrárias foram diplomados 8 zootecnistas, 9 engenheiros de pesca, 27 agrônomos, 3 economistas domésticos e 24 engenheiros de alimentos.

As solenidades ocorrem na Concha Acústica da Reitoria (Av. da Universidade, 2853, Benfica), a partir das 19h, mas a recomendação é que os concludentes cheguem ao local com pelo menos uma hora de antecedência.

A cobertura das solenidades de colação de grau poderá ser vista ao longo da semana no Portal da UFC e nos perfis oficiais da Universidade em mídias sociais como FacebookTwitterInstagram e Flickr.

As datas de colação de grau, em Fortaleza, por unidade acadêmica, são as seguintes:

Dia 7: concludentes dos cursos ofertados pelo Centro de Ciências, Centro de Tecnologia e  Centro de Ciências Agrárias;

Dia 8: concludentes dos cursos ofertados pelo Centro de Humanidades, Faculdade de Direito, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC) e  Faculdade de Educação;

Dia 9: concludentes dos cursos ofertados pela Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem (FFOE), Faculdade de Medicina, Instituto de Cultura e Arte (ICA), Instituto de Educação Física e Esportes (Iefes), Instituto UFC Virtual e Instituto de Ciências do Mar (Labomar).

SOBRAL E QUIXADÁ – No Campus da UFC em Sobral, a solenidade de colação de grau será na sexta-feira (11), a partir das 18h, no auditório do bloco I do Campus Mucambinho (Rua Coronel Estanislau Frota, s/n, Centro). Serão diplomados 41 estudantes de 8 graduações.

Já em Quixadá a colação de grau ocorre na próxima segunda-feira (14), no Auditório Nilo Procópio Peçanha, do Instituto Federal do Ceará (IFCE), com 15 concludentes de 4 cursos.

MEDICINA – Os cursos de Medicina, tanto de Fortaleza como de Sobral, colaram grau em junho passado.

Nesta terça-feira (8) coloram grau os concludentes dos cursos ofertados pelo Centro de Humanidades, Faculdade de Direito, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC) e Faculdade de Educação.

Escolhida para falar em nome dos graduandos, Jaqueline Alves de Matos, do Curso de Engenharia de Pesca, direcionou seu pronunciamento ao sentimento de gratidão: “Ao Senhor, por nos abençoar; à paciência e amor de nossos pais, irmãos e demais familiares; aos nossos namorados, namoradas, maridos e esposas, por entenderam nossa falta de atenção”.

Agradeceu ainda aos professores, “que todos estes anos transmitiram ensinamentos não só didáticos, mas também da vida cotidiana”, e aos servidores técnico-administrativos.

Imagem: Jaqueline de Matos discursou em nome dos graduandos (Foto: Ribamar Neto/UFC)Jaqueline de Matos destacou os estudantes que ao longo da graduação já eram ou vieram a ser pais e mães, “o que tornou o processo ainda mais desafiador, mas nem por isso impossível de ser concluído”.

Referindo-se especificamente ao curso que concluía, a oradora ressaltou que, “em um País com mais de 8.700 quilômetros de costa, a função do engenheiro de pesca torna-se indispensável para a manutenção, preservação e estudo desse ambiente”. Por fim, complementou: “Fazer parte da 10ª melhor universidade do País é para poucos. Somos privilegiados e vitoriosos. Assim, temos a responsabilidade de exercer bem nossas atividades em prol da sociedade”.

Imagem: O reitor Henry Campos presidiu a solenidade (Foto: Ribamar Neto/UFC)COMPROMISSO SOCIAL – O Reitor Henry Campos, cujo discurso encerrou o evento, classificou como “fundamental qualificar a graduação, adotando currículos contemporâneos, mais atentos a uma realidade que se transforma com extraordinária rapidez”, bem como “reorientar a pesquisa, buscando, cada vez mais, direcioná-la para o enfrentamento dos problemas sociais”.

O Reitor garantiu que a UFC continuará sendo pautada “pelo compromisso social, por saber  em que contexto está inserida. Tem olhos para os desníveis aberrantes entre classes sociais – uma pecha que envergonha, um tumor maligno que precisa ser urgentemente extirpado”.

Encerrando a fala, o Prof. Henry Campos desejou que os novos profissionais “trilhem com dignidade o caminho que escolheram, que construam com segurança sua carreira, que se fundamentem sempre na responsabilidade e nos preceitos éticos”.

Fonte: Cerimonial da UFC – fone: 85 3366 7313