Doutoranda do PPG Agronomia/Fitotecnia – UFC desenvolve pesquisa na Austrália

4 de outubro de 2017

A doutoranda Marianne Gonçalves Barbosa do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia da Universidade Federal do Ceara (UFC), integrante do Laboratório de Entomologia Aplicada (LEA) e orientada pelo prof. D. Sc. Patrik Luiz Pastori está
desenvolvendo pesquisa na Universidade de Queensland (UQ), Queensland, Brisbane, Austrália, por meio do Programa de Doutorado-Sanduíche no Exterior (PDSE) da CAPES. A estudante permanecerá na Austrália por 6 meses e desenvolverá pesquisa visando avaliar diferentes regimes de exposição, em laboratório, do inseticida Deltametrina em populações da traça-do-
repolho Plutella xylostella (Lepidoptera: Plutellidae) altamente resistente à esse inseticida.

O orientador no exterior, Ph. D. Michael Furlong, é professor da Escola de Ciências Biológicas, Faculdade de Ciências e Centro de Ciência das Plantas. Atualmente, o Prof. Furlong está trabalhando na implementação de um plano de gerenciamento de resistência a inseticidas para P. xylostella nas Ilhas Fiji (e em outros lugares do Pacífico), onde a resistência à Deltametrina é generalizada e pode ser muito alta. Além desses estudos, Furlong atua em trabalhos com manipulação para suprimir a resistência aos inseticidas, principalmente na área de resistência de P. xylostella. Os estudos do Prof. Furlong servem de referência para o desenvolvimento de políticas de proteção vegetal, com gestão de investigação integrada das culturas em apoio à intensificação sustentável da produção de culturas de alto valor.

A Universidade de Queensland por meio da Escola de Ciências Biológicas lidera uma iniciativa ímpar na área de Ecologia Aplicada, desenvolvendo pesquisas na área de seleção de plantas hospedeiras por adultos e comportamento de lepidópteros-praga, principalmente a espécie P. xylostella, buscando compreender a biologia e o comportamento destes indivíduos nos
mais diferentes ecossistemas.

Essa parceria visa fortalecer a rede de pesquisas entre os pesquisadores do Brasil (UFC) e da Austrália (UQ) e permitir o acesso às novas tecnologias na área de produção agrícola, visto que a Austrália possui muitas inovações nesse campo e seus grupos de pesquisa estão envolvidos no desenvolvimento de pesquisas avançadas sobre o manejo de resistência de diversos
lepidópteros-praga.

Fonte: Diretoria do Centro de Ciências Agrárias – Fone: 85 3366 9732