Pesquisadores do Departamento de Engenharia de Alimentos criam macarrão com maior valor nutricional

31 de outubro de 2018

Pesquisadores do Departamento de Engenharia de Alimentos corrigiram o problema nutricional do macarrão com o acréscimo de ingredientes especiais. Apesar de estar sempre presente na mesa de muitas pessoas, o macarrão é um alimento que não possui riqueza nutricional. Ele é uma boa fonte de carboidrato, que nos fornece energia para atividades diárias, mas é pobre em sais minerais e outros nutrientes importantes para o organismo.

Para mudar isso, pesquisadores do Departamento de Engenharia de Alimentos criaram um novo tipo de macarrão, com base em dois ingredientes: farinha de linhaça e farinha de faseolamina.

A primeira é rica em nutrientes essenciais, enquanto a outra é uma proteína encontrada no feijão branco. O resultado foi um macarrão com maior teor de minerais, proteínas e fibras, além da capacidade de reduzir o índice glicêmico de quem o consome, o que é bom tanto para quem quer emagrecer quanto para evitar diabetes do tipo 2.

Os detalhes do estudo estão disponíveis no site da Agência UFC, canal de divulgação científica e de extensão da Universidade Federal do Ceará. A reportagem é da UFCTV.

Fonte: Diretoria do Centro de Ciências Agrárias – Fone: 85 3366 9732